APAM assina acordo de colaboração com a Real Orden de Caballeros de María Pita

Nos dias 13, 14 e 15 de maio celebrou-se o XLIII Fórum de Maria Pita, Congresso sob o tema “Caminho de Santiago e Ordens de Cavalaria”, durante o qual a Associação Portuguesa dos Autarcas Monárquicos e a Real Orden de Caballeros de María Pita assinaram um acordo de colaboração.

A inauguração do Congresso, realizado na cidade de La Corunha, contou com a presença de Gonzalo Trenor, delegado da Xunta na Corunha, e Juan Ignacio Borrego Vázquez, Conselheiro de Relações Institucionais e Turismo.

A Real Ordem de Cavaleiros de Maria Pita, cujo propósito essencial é dar a conhecer a figura de Maria Pita, o seu ambiente e a sua época, bem como o caráter liberal da cidade de La Corunha, foi fundada em 1990 e detém, desde o ano 2015, o título de Real concedido por Sua Majestade o Rei Felipe VI de Espanha.

Intervenção do Presidente da APAM, Eng. Manuel Beninger, no Congresso “Caminho de Santiago e Ordens de Cavalaria”.
Assinatura do acordo de colaboração entre a Associação Portuguesa dos Autarcas Monárquicos e a Real Ordem de Cavaleiros de Maria Pita.
Entrega da Medalha de Honra da APAM à Real Ordem da Cavaleiros de Maria Pita.
A inauguração do Congresso contou com a presença de Gonzalo Trenor, delegado da Xunta na Corunha, e Juan Ignacio Borrego Vázquez Conselheiro de Relações Institucionais e Turismo.
A Real Ordem de Cavaleiros de Maria Pita, cujo propósito essencial é dar a conhecer a figura de Maria Pita, o seu ambiente e a sua época, bem como o caráter liberal da cidade de La Corunha.
Com o Arcebispo D. Julián Barrio, na Catedral de Santiago de Compostela.
A Real Ordem de Cavaleiros de Maria Pita foi fundada em 1990 e detém, desde o ano 2015, o título de Real concedido por Sua Majestade o Rei Felipe VI de Espanha.