12 de janeiro de 1633: ratificado o casamento entre D. João IV e D. Luísa de Gusmão

12 de janeiro de 1633: foi ratificado o casamento (realizado primeiro por procuração no início do mês) entre D. João II, 8º Duque de Bragança e D. Luísa de Gusmão, filha do duque de Medina Sidónia.

A magnificente cerimónia de ratificação deu-se em Elvas, celebrada pelo bispo D. Sebastião de Matos Noronha, e em Vila Viçosa deram-se grandes festas para celebrar o casamento dos duques.

Alguns anos depois, em 1640, este casal ascendeu ao trono de Portugal como primeiro casal régio da nova dinastia real de Bragança, que restaurou a independência em Portugal. Foram pais de sete filhos, sendo que dois deles subiram ao trono português, D. Afonso VI e D. Pedro II, e uma foi rainha de Inglaterra e regente em Portugal, D. Catarina de Bragança.

D. João IV e D. Luísa de Gusmão encontram-se sepultados no Panteão dos Bragança no Mosteiro de São Vicente de Fora.

📷 Gravura de D. João IV e D. Luísa de Gusmão